O Grupo de Pesquisa Psicologia, Trabalho e Processos Psicossociais foi criado a partir de um trabalho em desenvolvimento no Programa de Operadores de Alto Desempenho (POAD), que teve início em janeiro de 2018, a partir de um contrato entre a PUC Minas e a Vale S/A. Portanto, é fundamental falarmos um pouco sobre essa pesquisa, que ainda encontra-se em andamento.

IMG_1055
Registro da pesquisa de campo

Fruto da preocupação de gestores da operação de mineração no Complexo S11D Eliezer Batista, localizado em Canaã dos Carajás, no estado do Pará, a demanda surgiu, principalmente, em decorrência da mudança no ciclo da mineração e os possíveis impactos na atividade dos operadores da escavadeiras.

sistema-truckless-info-interna

Afinal, o Complexo S11D se utiliza do sistema truckless, um novo modelo de extração de minério de ferro, que conta a introdução do transportador de correias a longa distância (TCLD) e a retirada dos caminhões, largamente utilizados na mineração tradicional. Com isso, o ritmo de trabalho se tornou mais intenso, especialmente para o operador da escavadeira, não existindo mais a pausa para aguardar o retorno do caminhão que foi descarregar o minério. Ou seja, caberia a nós, pesquisadores, identificar e compreender os fatores psicossociais envolvidos na atividade desses operadores.

O POAD surge, portanto, buscando reduzir e prevenir fatores de risco para melhorar o bem-estar e a qualidade de vida dos operadores e, por sua vez, seu desempenho e produtividade. Para tanto, foram estabelecidas quatro áreas de intervenção, a saber:

  • O Núcleo Técnico, responsável por identificar as necessidades de treinamento do operadores e oferecer sessões de treinamento individualizadas um sistema de Realidade Virtual para amplificar suas habilidades técnicas. Os diagnósticos operacionais também auxiliam no desenvolvimento de soluções tecnológicas que reduzam a carga de trabalho e melhoraram o desempenho.
  • O Núcleo Cognitivo, em que engenheiros, cientistas da computação e neurocientistas desenvolvem inteligência artificial baseada em neurotecnologia para decodificar padrões cerebrais de uma mente produtiva, conduzindo treinamento cognitivo para melhorar as habilidades cognitivas de operadores inexperientes.
  • O Núcleo Psicossocial usa metodologias qualitativas (testes psicológicos, questionários, entrevistas, grupos) para ajudar os operadores a melhorar seu próprio desempenho, refletindo sobre sua atividade de trabalho e seu significado, considerando a perspectiva coletiva de trabalho e também enfatizando a proteção, a prevenção e a promoção da saúde.
  • O Núcleo Clínico e Físico usa o conhecimento adquirido de outras minas sobre questões socioeconômicas e culturais, bem como condições nutricionais e físicas para classificar os fatores de risco que podem impactar os trabalhadores. 

O nosso grupo de pesquisa se inclui no escopo da intervenção enquanto Núcleo Psicossocial, cuja proposta inicial era investigar as possibilidades de desenvolvimento de competências profissionais dos Operadores de Alto Desempenho, através da utilização dos preceitos da Clínica da Atividade.

IMG_1052
Registro da pesquisa de campo

Para tanto, buscou-se: 

  • identificar e investigar as variáveis psicossociais que mais diretamente afetam o trabalho dos operadores do sistema truckless;
  • desenvolver o intercâmbio de saberes entre trabalhadores, pesquisadores e gestores, de forma a permitir o desenvolvimento do gênero profissional entre os sujeitos inseridos na atividade investigada; 
  • promover uma integração dos conhecimentos desenvolvidos no espaço acadêmico com as demandas que surgem no campo da prática cotidiana de trabalho; 
  • aprimorar a área da Psicologia do Trabalho e das Organizações, particularmente as contribuições da Clínica do Trabalho para as necessidades apontadas no campo.

O contato com o campo, com os operadores e com os gestores, desde o início da nossa atuação nos levou a reformular a proposta original de pesquisa para contemplar outras ações. Desse modo, definiram-se linhas de ações, a saber:

  • Linha de ação 1 – Mapeamento Psicológico: tem como objetivo caracterizar o perfil psicológico dos operadores, em termos de personalidade, atenção e inteligência, bem como avaliar a personalidade no contexto de trabalho, através do teste MAPA;
  • Linha de ação 2 – Famílias: tem como objetivo compreender como a família, os fatores sociais e culturais incidem na atividade dos operadores;
  • Linha de ação 3 – Análise da Atividade: é o eixo principal do projeto e tem como objetivo compreender a atividade dos operadores e contribuir para o desenvolvimento de competências profissionais;
  • Linha de ação 4 – Desenvolvimento Gerencial: tem como objetivo compreender a atividade dos técnicos, fundamentais para o trabalho coletivo na operação.
  • Linha de ação 5 – Saúde Mental: tem como objetivo principal oferecer uma visão geral da discussão sobre a categoria trabalho como um dos determinantes sociais do processo de produção de saúde/doença mental.

Acompanhe as postagens sobre essa pesquisa aqui no blog!

Anúncios