Para estudar…

Esta seção é dedicada a indicar artigos, livros, palestras e demais registros já utilizados pela nossa equipe na escrita científica e que podem contribuir com o estudo dos interessados na área.

Livros:

ARAUJO, José Newton Garcia de. Trabalho e saúde: cenários, impasses e alternativas no contexto brasileiro / José Newton Garcia de Araújo, Mário César Ferreira, Cleverson Pereira de Almeida (Org.).

ARAUJO, José Newton Garcia de; CARRETEIRO, Teresa Cristina (Org.). Cenários sociais e abordagem clínica.

BENDASSOLLI, Pedro Fernando; SOBOLL, Lis Andrea (Org.) Clínicas do trabalho: novas perspectivas para a compreensão do trabalho na atualidade. Compre aqui.

BENDASSOLLI, Pedro Fernando; SOBOLL, Lis Andrea (Org.) Métodos de Pesquisa e Intervenção em Psicologia do Trabalho: clínicas do trabalho. Compre aqui.

CANGUILHEM, Georges. O normal e o patológico. Compre aqui.

CLOT, Yves. A função psicológica do trabalho.

CLOT, Yves. Trabalho e poder de agir.

DEJOURS, Christophe. A loucura do trabalho: estudo de psicopatologia do trabalho. Compre aqui.

DEJOURS, Christophe; ABDOUCHELI, Elisabeth; JAYET, Christian et al. Psicodinâmica do trabalho: contribuições da Escola Dejouriana à análise da relação prazer, sofrimento e trabalho. Compre aqui.

FLICK, Uwe. Qualidade na pesquisa qualitativa. Compre aqui.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa.

GUERIN, François et al. Compreender o trabalho para transformá-lo: a prática da ergonomia. Compre aqui.

POUPART, Jean et al. (Org.). A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Compre aqui.

THIOLLENT, Michel Jean Marie. Concepção e organização da pesquisa. Metodologia da pesquisa-ação. Compre aqui.

ZANELLI, José Carlos; BORGES-ANDRADE, Jairo Eduardo; BASTOS, Antonio Virgilio Bittencourt (Org.). Psicologia, Organizações e Trabalho no Brasil. Compre aqui.

Artigos publicados em periódicos cientifícos:

BARROS, M. E. & AMADOR, F. S. Clínicas do trabalho: abordagens e contribuições da Análise Institucional ao problema clínico do trabalho. Trabalho & Educação, 26(3), p. 55-69, 2017.

BATISTA, Matilde.; RABELO, Laís. Imagine que eu sou seu sósia… Aspectos técnicos de um método em clínica da atividade. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, São Paulo, vol. 16, n. 1, p. 1-8, 2013.

BENDASSOLLI, Pedro Fernando. Mal-estar no trabalho: do sofrimento ao poder de agir. Revista Mal-estar e Subjetividade. Fortaleza, Vol. X, n.1, p.63-98, março, 2011.

BENDASSOLLI, Pedro Fernando; DA ROCHA FALCÃO, Jorge. Psicologia social do trabalho sujo: revendo conceitos e pensando em possibilidades teóricas para a agenda da psicologia nos contextos de trabalho. Universitas Psychologica, Bogotá, v. 12, n. 4, p. 1153-1166, out. 2013.

BENDASSOLLI, Pedro Fernando; SOBOLL, Lis Andrea Pereira. Clínicas do trabalho: filiações, premissas e desafios. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, vol.14, n.1, pp.59-72, 2011.

CAMPOS, Keli Cristina de Lara et al. Psicologia organizacional e do trabalho – retrato da produção científica na última década. Psicologia: ciência e profissão, Brasília, v.31, n.4, p.702-717, 2011.

CANGUILHEM, Georges. Meio e normas do homem no trabalho. Pro-Posições, [S.l.], v. 12, n. 2-3, p. 109-121, mar. 2016.

CLOT, Yves. Entrevista: Yves Clot. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, São Paulo, vol. 9, n. 2, pp. 99-107, 2006.

CLOT, Yves. A psicologia do trabalho na França e a perspectiva da clínica da atividade. Fractal: Revista de Psicologia, Rio de Janeiro, v. 22, n. 1, p. 207-234, 2010.

CLOT, Yves; FAITA, Daniel. Gêneros e estilos em análise do trabalho: conceitos e métodos. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v.25, n.2, p. 33-60, maio-ago. 2016.

FERREIRA, Mário César. A ergonomia da atividade se interessa pela qualidade de vida no trabalho? Reflexões empíricas e teóricas. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, São Paulo, vol. 11, n. 1, pp. 83-99, 2008

LEÃO, Luís Henrique da Costa. Psicologia do Trabalho: aspectos históricos, abordagens e desafios atuais. Estudos Contemporâneos da Subjetividade, Campos dos Goytacazes, vol.2, n.2, p.291-305, 2012.

LHUILIER, Dominique. Introdução à psicossociologia do trabalho. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, São Paulo, v. 17, n. spe. 1, p. 5-19, 2014.

LIMA, Maria Elizabeth Antunes. Contribuições da Clínica da Atividade para o campo da segurança no trabalho. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, São Paulo, 32 (115): 99-107, 2007.

SCHWARTZ, Yves. Conceituando o trabalho, o visível e o invisível. Trabalho, Educação e Saúde. Rio de Janeiro, v.9, supl. 1, p. 19-45, 2011.

SCHWARTZ, Yves. Motivações do conceito de corpo-si: corpo-si, atividade, experiência. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 49, n. 3, p. 259-274, jul.-set. 2014.

TRINQUET, Pierre. Trabalho e educação: o método ergológico. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, número especial, p. 93-113, ago.2010.

VIEGAS, Sonia. Trabalho e vida. Conferência pronunciada aos profissionais do Centro de Reabilitação Profissional do INSS. Belo Horizonte, 12 de julho de 1989. Revisada por Paulo Pacheco, 1989.

%d blogueiros gostam disto: